O ADVOGADO DE FAMÍLIA

 

 

O advogado da área de família é fundamental na sociedade atual, em que crises e conflitos são cada vez mais comuns, as relações iniciais em que tudo que se buscava era o amor, companheirismo e carinho, com o passar do tempo e o desgaste emocional, se tornam frustrações, mágoas e outros sentimentos aflorados.
 
Ainda há a conturbada relação do término do relacionamento dos pais, e despreparo dos genitores para manutenção sadia da relação harmoniosa que deve existir na gestão dos interesses dos filhos comuns.
 
Atualmente também temos de enfrentar questões complexas, verdadeiros paradigmas impostos, de modo a transpor a barreira do preconceito e racismo para alcançarmos a inclusão de todos os cidadãos em nossa sociedade.
 
Assim, o Dr. Rodrigo Camargo já acolheu em seu escritório as mais diversas situações de traição, violência doméstica, casos de ciúmes e ausência de respeito mútuos, desentendimentos diversos, dissolução de uniões rápidas e outras duradouras, abandono de filhos, reconhecimento de filhos mediante exame de DNA, reconhecimento e dissolução de união estável, dentre diversos outros casos inusitados já enfrentados.

Estamos preparados para receber o seu caso, por mais complexo que seja, e dispostos a lutar incansavelmente para a melhor solução para o cliente e sua família. Veja abaixo relação dos principais serviços que prestamos:
   ÁREAS DE ATUAÇÃO
 
 
 
   União Estável
   Casamento - regime de bens e pacto antenupcial
   Divórcio 
   Separação
   Separação de corpos
   Guarda judicial
   Pensão alimentícia, revisional e execução de alimentos
   Regulamentação de visitas de menores
   Adoção
   Interdição
   Tutela e Curatela
   Investigação de paternidade - DNA
   União Homoafetiva
DÚVIDAS FREQUENTES
Meu relacionamento acabou, e agora?

 

Primeiramente calma. Procure não tomar qualquer atitude impensada e de cabeça quente. A primeira orientação é sempre buscar os conselhos de um advogado. É imperioso que todas as possibilidades sejam pensadas, em especial, pois em um processo de divórcio, as partes além de si, tem a obrigação de pensar no que é melhor para os seus filhos. Portanto, munida de seus documentos pessoais, cópia da certidão de casamento e certidão de nascimento dos filhos, busque o conselho profissional do advogado para tomar a medida mais acertada no seu caso. Entre em contato que orientaremos sobre todos os passos. Saiba Mais!

Preciso de um advogado particular para cuidar dos interesses da minha família ou posso utilizar o advogado da empresa?

 

O Direito de Família é um ramo especializado do Direito, e como em todas as áreas, existem muitos regramentos específicos e procedimentos próprios que devem ser seguidos rigorosamente, sob pena de grande prejuízos nos litígios familiares. Portanto, aquele advogado da empresa é conhecedor e especialista nos assuntos empresariais, recomendando-se sempre, buscar a contratação de profissional especializado nos conflitos familiares para melhor lhe assessorar no caso concreto. Saiba Mais!

Vou me casar ou "morar junto" e pretendo resguardar o meu patrimônio, como devo proceder?

 

O momento da união de duas pessoas é mágico, movido por todo o romantismo do início do relacionamento, porém, a questão patrimonial é bastante séria e tem que ser pensada de forma objetiva, evitando prejuízos e eventuais perdas ou embaraços futuros. Assim sendo, proteja-se, busque a orientação de um advogado como forma de blindar-se contra aborrecimentos futuros, planejando juridicamente a sua relação, de modo a poder vivenciá-la da forma mais plena e segura. Saiba Mais!

Um parente muito querido faleceu, quais os primeiros passos a tomar?

 

O momento da perda de um parente querido é muito dolorido, e o luto dos parentes deve ser respeitado. Porém, a questão patrimonial é de extrema relevância para o universo jurídico, e providências devem ser tomadas. A lei civil estabelece o prazo de 30 dias, contados do falecimento, para a abertura do inventário, que é o procedimento para a partilha dos bens do ente falecido. Portanto, procure um advogado munido dos seus documentos pessoais, e se possível, já procure trazer os documentos que comprovem o patrimônio da herança a ser partilhada. Entre em contato que orientaremos sobre todos os passos. Saiba Mais!

CASOS DE REPERCUSSÃO
Divórcio e partilha de bens

 

Em disputa judicial de divórcio, o escritório representou os interesses de uma cliente que obteve a ordem judicial de divórcio, o patrimônio familiar foi congelado ao longo do processo, para evitar que o ex-esposo deteriorasse os bens da família, e foi assegurado uma pensão mensal mensal à mulher para que garantisse uma continuidade digna de vida. Ao final do processo, foi conseguida a partilha dos bens na proporção de 50%, garantindo à mulher a permanência na sua residência, o pensionamento durante um período (até sua recolocação no mercado de trabalho), e ainda recebeu valores superiores à dois milhões de reais pois era seu de direito.

Término do relacionamento e pensão compensatória

 

Ao longo de mais de trinta anos de convivência, o esposo patrocinou uma vida de luxos e conforto total à sua companheira de vida. Ocorre que após o envolvimento com uma moça mais jovem, pediu divórcio e deixou toda a família desamparada. A esposa requereu judicialmente a fixação de uma pensão compensatória, pois vivia um padrão de vida alto, e com o término do relacionamento perdeu significativamente o seu padrão, assim a justiça condenou o ex-marido a lhe pagar uma verba como forma de compensar a perda do padrão de vida.

Consulte-nos e tire suas dúvidas pelo WHATSAPP
Para enviar mensagem de e-mail clique aqui